Translate

segunda-feira, 16 de junho de 2014

O reavivamento que Deus espera Jeremias 46


O reavivamento que Deus espera
Pr. Heber Toth Armí

A maior missão que existe no Universo é salvar o mundo do pecado, do juízo e da morte. É uma missão impossível – para nós, seres mortais –; mas, não para o Deus todo poderoso. Esse Deus já fez tudo o que poderia fazer, o que resta Ele não pode: Tomar decisão por nós de aceitar Seu plano de salvação. 

Temos livre arbítrio, podemos aceitar ou rejeitar. A escolha depende de mim e de você... Deus espera frutos de arrependimento, não só dos pecadores distantes, também das religiões pagãs e de Seu próprio povo. É disso que trata este capítulo, pois sem arrependimento e conversão genuína, de quem quer que seja, acarretará ruínas. 

A religião bíblica não é exclusiva a uma nação, ou raça ou a apenas um grupo de pessoas. No capítulo 46 do livro de Jeremias, inicia profecias a respeito de dez nações gentílicas, as quais absorveram o paganismo e diversos tipos de idolatrias. Começando com o Egito, as mensagens às nações instam todas as nações para que considerem as atitudes de seus líderes e suas relações uns com os outros. 

“O flagelo universal de todas as nações é o orgulho” – comenta Frank B. Holbrook; “desse pecado procedem todos os outros: inveja, sensualismo, avareza, crueldade, beligerância, agressividade, etc.” Livre-se do orgulho!

O orgulho é um mal que impregnou a alma de cada pessoa que nasceu neste mundo imoral. “A religião bíblica se apresenta sob a forma de um concerto de amor entre Deus e o crente. Assim como o enlace matrimonial – com obrigações a ambas as partes, ela é uma relação e compromisso que requer fidelidade de ambas as partes. Violar o concerto com Deus, como fez Judá, é cometer adultério espiritual. Mas os que decidem viver dentro dos parâmetros do concerto da graça desfrutam um salvífico e proveitoso relacionamento com o seu Criador” – diz o teólogo Holbrook. Salvação é individual! 

Comentando o final de Jeremias 46, D. L. Moody resume: “O Egito será restaurado e não permanecerá uma ruína eterna...”. Deus opera para dar oportunidade ao Egito, assim como age na vida de pessoas que já poderiam estar mortas. Deus livra de muitos males, pois anseia salvar muitos pecadores. O que Deus falou ao Egito se aplica a cada nação, povo e pessoa que têm um estilo de vida parecido ao do Egito. Cabe a cada pessoa averiguar a profundidade de sua mensagem para a sua vida, e aplicá-la, obviamente! Deus anseia salvar!

Leia hoje, junto com milhares de pessoas que buscam o reavivamento, o livro de Jeremias capítulo 46. Para facilitar a tua leitura, destaco a divisão do capítulo realizada por Merril F. Unger:

1. Previsão com respeito a Faraó-Neco (vs. 1-12);
2. Nabucodonosor invade o Egito (vs.13-26)
3. Promessa de futura bênção a Israel (vs. 27-28).

Após estudar, meditar, refletir nestes versículos deste capítulo alcancei com oração as seguintes aplicações:

1. Deus é paciente em destruir o pecado a fim de não acabar com os pecadores.
2. Deus age, preserva, envia mensagens a fim de alertar pessoas de todos os lugares quanto ao perigo do pecado.
3. Deus espera arrependimento e conversão de todas as nações, inclusive de pessoas de todas as religiões.
4. Deus quer salvar você!

O reavivamento que Deus espera não é só para a igreja local, mas para a população mundial. Ele deseja realizar essa obra espiritual antes do grande dia do juízo final. 

Ore: “Deus soberano do Universo, reine em minha vida, governe todo o meu ser; restaure a minha alma, orienta o meu coração. Não me deixe agir loucamente para não perder a salvação. Dá-me hoje o Teu perdão e livra-me do orgulho, da vaidade e da corrupção. Amém!”

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis