Translate

domingo, 22 de junho de 2014

Jeremias 52

Jeremias 52
Pr. Heber Toth Armí

Após 52 dias, encerramos a leitura, estudo e meditação desse autor maravilhoso, o qual se encarnou nas profecias tornando-as didáticas para um povo que não enxergava seus pecados e que estava prestes a ir ao cativeiro babilônico. Este último capítulo de Jeremias é como um anexo ao conteúdo do livro. Como disse Merril F. Unger, “Este capítulo final é um apêndice histórico, em grande parte repetição de 2Rs 24.18 – 25.30 (cf. também Jr 39.1-10; 40.7 -43.7)”. David S. Dockery o identifica como “um epílogo histórico”. O capítulo apresenta:

1. A rebelião de Zedequias (vs. 1-3);
2. A retaliação de Nabucodonosor (vs. Vs. 4-7);
3. O castigo do rei Zedequias (vs. 8-11);
4. A destruição do templo e da cidade de Jerusalém (vs. 12-14);
5. As exportação das riquezas de Judá (vs. 17-23);
6. A execução dos oficiais de Judá (vs. 24-27);
7. A exaltação e honra do rei Joaquim, que precedera Zedequias (vs. 31-34).
Agora reflita em cada uma destas partes e extraia lições que alimentem a tua alma.

Medite no último capítulo do livro do profeta Jeremias (capítulo 52). Este capítulo é importante porque “apresenta um relato detalhado da queda de Jerusalém diante dos babilônios. É provável que tenha sido incluído para autenticar a mensagem de Jeremias, mostrando que suas profecias de julgamento se cumpriram” – argumenta Dockery. 

Com tom negativo, o capítulo encerra com mensagem positiva. Ainda no exílio, foi dado um tratamento bondoso a Joaquim, no trigésimo sétimo de seu exílio. Sendo assim, como disse Paul R. House “é possível ler esse texto como oferecendo pelo menos um raio de esperança para o futuro de Israel... 

Existe esperança, mesmo que essa esperança se personifique num rei enfermo, idoso, que come à mesa de um politeísta que domina a tudo e a todos”. “Os que estão sob pressão perceberão que não é em vão ter esperança e esperar em silêncio pela salvação do Senhor. Nosso tempo está na mão de Deus, porque o coração de todos com quem temos de lidar também está nas mãos do Senhor” – Matthew Henry aplica. E apela: “Que sejamos capacitados, mais e mais para descansar na Rocha dos séculos e esperar com santa fé” à restauração. 

Creia, confie e entregue-se ao Salvador que oferece esperança para toda situação desesperadora.

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis