Translate

terça-feira, 6 de maio de 2014

O retrato da sociedade- Jeremias 5


                     
O retrato da sociedade pós-moderna
Pr. Heber Toth Armí

Leia com atenção e ore com fervor sobre a profecia de Jeremias 5. Ali o profeta apresenta um quadro social que, embora escrito antigamente, continua bem atual. Os pecados não se renovam, na verdade, se intensificam quanto mais o tempo passa. Veja o retrato da sociedade pós-moderna neste capítulo:

1. As pessoas fazem o que é conveniente, sem importar-se com certo ou errado; portanto, não há justiça e não há busca pela verdade na sociedade (v. 1).

2. Muitos professam ser religiosos, frequentam à igreja, são batizados, porém, vivem como qualquer criatura sem Deus (v. 2).

3. Sermões sobre pecado, consequências e arrependimento não causam efeito; são ignorados, considerados ultrapassados (v. 3).

4. Pessoas cultas e ricas são tão insensatas e estúpidas como os pobres; o mal não escolhe classe social, sexo, cultura ou idade (v. 4).

5. Grandes pensadores e líderes influentes se tornaram tão alheio a Deus que quase podem considerá-los ateus (v. 5).

6. Os pecados atraem terríveis consequências, porém a sociedade continua intensificando sua prática da iniquidade (v. 6).

7. Na hora da dor, aflição e sofrimento pessoas recorrem ao Senhor, não como Salvador, mas em busca de força superior para ajudar nas ambições pecaminosas do coração (vs. 7-8).

Antes de considerar a situação do mundo, considere a situação de teu coração!

Vamos fazer uma reflexão? Como está teu coração? Analise: Um coração duro é o pior empecilho à mudança de vida. Muita gente sofre e se fecha, endurecendo-se cada vez mais. A indiferença à disciplina de Deus é a base da atitude arrogante. 

Estude Jeremias 5 e reflita! Somente um coração sincero, humilde e disposto a saber o caminho da felicidade real encontra solução para o mal. Deus tem tanto interesse em salvar que deseja que tais pecadores saibam o fim que suas atitudes levam (vs. 1-19); então, após revelar a destruição iminente, Ele diz (mesmo sabendo que o povo tem “coração rebelde e contumaz”): “Ouvi agora isto, ó povo insensato e sem entendimento, que tendes olhos e não vedes, tendes ouvidos e não ouvis. Não temereis a mim?...” (vs. 20-21). 

Entretanto, ignoraram a Deus e se foram sem se arrependerem, atraindo sobre eles as horrendas consequências (vs. 23-29).Líderes religiosos são mais culpados (v. 31) que aqueles que declaram não existe Deus e que nada de mau virá sobre os que praticam o mal (v. 12). 

Na sociedade atual, em meio a tantos ruídos ensurdecedor, você pode levantar cedo e buscar a presença santificadora do Senhor, e, humildemente, reconhecer a necessidade de um Salvador. Deus quer te salvar, te restaurar, te curar, te guiar e relacionar-se contigo!

Embora Deus envia pastores como aprendemos em Jeremias 3:15, nem todos os pastores são enviados de Deus. O profeta encerra suas palavras do capítulo 5 de seu livro, dizendo: “Coisa espantosa e horrenda se anda fazendo na Terra: Os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam de mãos dadas com eles; e é o que deseja o meu povo. Porém que fareis quando estas coisas chegarem ao seu fim?” (vs. 30-31). 

Assim, neste contexto é evidente que grande culpa pelas desgraças mundiais iminentes são os proclamadores do evangelho que não falam a verdade. “Até os profetas não passam de vento, porque a palavra [do Senhor] não está com eles, as suas ameaças cumprirão sobre eles mesmos” (v. 13). Eu, como pastor temo ao Senhor. Sei da responsabilidade que tenho diante do Criador; pois, “assim diz o Senhor, o Deus dos Exércitos: Visto que eles proferiram tais palavras (que o Senhor não falou), eis que converterei em fogo as minhas palavras..., e eles serão consumidos” (v. 14). Por isso, não é minha intensão agradar aos leitores ou aos ouvintes de minhas reflexões e sermões com aquilo que eles querem ler ou ouvir (v. 31), mas o que agrada a Deus. 

“Senhor, dá-me sabedoria e ousadia para ser um servo Teu e ajudar muitas pessoas, tanto por sermões quanto por reflexões escritas, a encontrar o caminho do perdão (v. 1); para que, ao invés de destruição, elas encontrem a salvação. Em nome de Jesus, que morreu por mim na cruz, eu encerro esta oração. Amém!” Heber Toth Armí

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis