Translate

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Chamados à responsabilidade-Jeremias 22


Lições de Vida
Chamados à responsabilidade
Heber Toth Armí

Quando as coisas não são como Deus quer, a situação real da sociedade não será como a gente quer. Problemas, desafios, opressão e angústia vão existir onde Deus não for considerado. Como seria a vida de nossa família, sociedade, cidade e até igreja se mais pessoas investissem na consagração a Deus à Sua Palavra! Que bom seria! Que paz existiria! 

Como buscar a Deus, Sua orientação e vontade não fazia parte da vida do povo, nem após as poderosas advertências do profeta Jeremias aos judeus, o profeta foi inspirado por Deus a lembrar “ao rei sua obrigação de promover a justiça, alertando que o fracasso nesse ponto traria sérias consequências...” – expõe o Manual Bíblico Vida Nova ao comentar Jeremias 22. 

Os líderes são responsáveis diante de Deus mais que os liderados. Líderes, tanto religiosos quanto políticos são nesse capítulo são chamados à responsabilidade diante de Deus. Todos terão de prestar contas por ter deixado de influenciar para o bem ou influenciado para o mal. Vamos prestar atenção às palavras de alerta do Senhor e viver como Ele almeja a fim de não sermos condenados por nossas negligência e indiferença!

Leia com atenção Jeremias 22. Medite em cada uma de suas inspiradas palavras e deixe que a paixão pela Palavra de Deus pegue fogo. O capítulo em questão foca os reis de Judá, Deus quer restaurar Seu povo e faz Sua derradeira tentativa:

1. Profecia contra o rei Zedequias (vs. 1-9);
2. Profecia contra o rei Salum (vs. 10-12);
3. Profecia contra o rei Jeoquem (vs. 13-23);
4. Profecia contra o rei Jeconias (vs. 24-30).

Destaco as palavras de William Kelly, a seguir, abordando a importância da realeza judaica: “A realeza sempre foi o último segmento da sociedade a perder a bênção de Deus em Israel. Se o rei andava em retidão, mesmo que o povo e os profetas se houvessem desviado, o Senhor continuava a abençoar Israel. Tudo dependia do rei, da descendência de Davi. Deus poderia disciplinar os profetas, os sacerdotes e o povo, mas se manteria próximo deles por amor de seu servo Davi. Quando, porém, não apenas eles se desviavam, mas também o rei comandava a perversidade, era absolutamente impossível o Senhor permanecer junto deles, e coube a Jeremias a triste missão de pronunciar essa decisão divina”. 

Se reis, governadores e pastores falharem, o que mais Deus poderia esperar das nações?

Após ler e meditar nas palavras proféticas destaco as lições extraídas de Jeremias 22:

1. Muita coisa seria diferente em nossa nação se não fosse a tremenda corrupção de nossos governadores.

2. Muita coisa seria diferente nas cidades se não fosse a perversidade de nossos líderes políticos.

3. Muita coisa seria diferente em nossa vida familiar se cuidássemos mais para não pecar contra Deus e contra o próximo.

Deus alerta tentando que ninguém se perca. Ele disciplina para salvar. Deus quer corrigir nosso caráter, nos moldar para uma vida melhor. Suas orientações são de graça para nos livrar da desgraça. 

Oremos: “ Pai de amor e justiça, opera em minha vida a fim de que eu seja o que Tu queres que eu seja. Ajuda-me a ser a influência que esperas de mim para minha família, igreja, bairro, cidade, estado e pais. Quero ser salvo e influenciar a muitas e muitas pessoas a salvação também. Em nome de Jesus, amém!”

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis