Translate

sábado, 19 de abril de 2014

Relacionamento com Deus -Isaías 54


Relacionamento com Deus
Pr. Heber Toth Armí

A maior intimidade entre duas pessoas é o casamento, o que em Isaías 54 a linguagem do casamento é usada por Deus para falar ao coração de Seu povo que precisava passar pelo exercício do arrependimento. Observe atentamente:

1. O povo de Deus é comparado à esposa infiel. Retratado tanto como mulher estéril ou viúva triste, assim vivia o povo de Deus, devido aos muitos pecados cometidos na mocidade. Como uma mulher infiel que almeja o respeito do marido deve ampliar seu lar e preparar-se para a chegada dos filhos, assim o povo de Deus deve mudar a postura se quiser receber o respeito divino (vs. 1-4).

2. O marido amoroso, fiel e glorioso deste texto retrata ao Deus apaixonado. O Criador, Redentor, o Santo de Israel, o marido fiel, é o Deus de toda a Terra. Em Sua sabedoria puniu a Jerusalém brevemente – não bravamente. Por querer abençoá-la, restaura-a a um nível de glória sem precedentes. Para isso, Ele instrui e cuida dos moradores da cidade; como afirmou o educador Içami Tiba, “Quem ama, educa”. Deus queria ensinar o caminho da felicidade a Sua esposa, que por infidelidade vivia em terrível infelicidade (vs. 5-17).

Observe o teu nível de compromisso com Aquele que te ama, cuida, sustenta, protege, livra e salva. Verifica onde é que está o erro entre Deus e você. Pois, Deus é fiel; mas, e quanto a você?

Com exceção das crenças, quais as diferenças entre religiões falsas e a verdadeira? Como é a religião bíblica? 

O teólogo Jon L. Dybdahl observa: “A fé dos israelitas e dos cristãos era e ainda é não somente uma filosofia baseada em ideias, mas uma religião baseada numa interação crescente com Deus. Se Ele não estivesse se relacionando de maneira real com Seu povo, alguma coisa estaria errada”. 

Veja se não é assim lendo Isaías 54, onde o profeta descreve Deus como marido apaixonado pela esposa especial – Seu povo –, mas infiel. O capítulo em questão segue ao capítulo da crucificação (Isaías 53). Assim, todo aquele que se compromete com Cristo experimenta uma enxurrada de alegria, fertilidade espiritual, reforma de vida. 

A pessoa, família, igreja e nação que se afasta do Senhor pode restaurar-se pela reconciliação com Deus. Baseada no amor, a restauração de Deus é permanente e Sua paz será sempre evidente (Isaías 54:1-10). Ao converter-se, toda pessoa que se apaixona por Cristo, receberá do Céu instrução espiritual para alcançar vitória e segurança total (vs. 11-17).

Mais do que conhecimento doutrinário, o que precisamos é relacionamento com Deus. “O plano de Deus é que a comunhão entre Ele e a humanidade seja um processo contínuo,que deve ser realizado via Jesus, por meio do Espírito Santo” (Jon L. Dybdahl). Com base nesse pensamento desse teólogo, não temo afirmar ao observar atentamente Isaías 54 que, a ausência de intimidade com Deus indica que há pecados interferindo no relacionamento com Cristo. E, é bom observar onde está o erro. 

Vivendo como esposa infiel de Deus, representado como um marido fiel e apaixonado, o povo de Israel representa ao Seu povo atual, a igreja cristã que precisa reatar o compromisso com o poderoso autor da vida. Pois no pecado, o povo definha, degrada e morre espiritualmente. Então, assim como infidelidade gera infelicidade, reavivamento nasce de relacionamento com Deus, não de mero conhecimento teórico. Refletiu? 

Agora ore: “Meu Deus, meu Criador e Redentor... quantas vezes fracassei em meu relacionamento conTigo... Quantas vezes pensei que multiplicar conhecimento bíblico, teórico e teológico era suficiente; mas, agora percebi que o que mais importa é um íntimo relacionamento conTigo que gera um compromisso total de minha parte. Quero relacionar-me mais conTigo, desde agora, para sentir a paz e a transformação que origina de um relacionamento desta forma. Amém”.

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis