Translate

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Jesus Tem as Chaves-MD-Apocalipse 3:7

Meditação Diária-

Jesus Tem as Chaves


Estas são as palavras dAquele que é santo e verdadeiro, que tem a chave de Davi. O que Ele abre ninguém pode fechar, e o que Ele fecha ninguém pode abrir. Apocalipse 3:7

A poucos dias do fim do ano, caem bem as palavras de Fernando Pessoa, quando diz:

“De tudo ficam três coisas: / A certeza de que estamos sempre começando, / A certeza de que precisamos continuar, / A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar. / Portanto, devemos fazer da interrupção um caminho novo, / Da queda, um passo de dança, do medo uma escada, / Do sonho uma ponte, da procura um encontro.”

Sem dúvida, ao olhar para trás, temos um sentimento de gratidão por tudo de bom que aconteceu conosco. As vitórias conseguidas sozinho ou em família. Coisas que não dá para descrever, mas que foram sentidas e experimentadas.

Nesta época do ano, nossa fragilidade humana e nossa transitoriedade são acentuadas. Sabendo disso e de nosso temor pelas consequências de um mal feito, ou da incerteza do futuro, Jesus nos diz: “Eu fecho e ninguém abre, abro e ninguém fecha.”

Ele está dizendo: Vou fechar. Nada de mágoa, nem de ficar voltando o DVD de sua vida para rever o que não foi bom e se lamentar de novo. Esqueça o que se foi. Eu já perdoei e joguei fora o código de entrada. Você não tem mais acesso. Ele diz: “Aspergirei água pura sobre vocês e ficarão puros” (Ez 36:25).

Mas Jesus também diz com Sua soberania: “Eu abro e ninguém fechará.” Talvez você que está lendo este devocional esteja aguardando a transição de 31 de dezembro para 1º de janeiro para Deus começar a agir. Como se Ele tivesse engatilhado milhões de pedidos que serão acionados no primeiro minuto de 2012.

Acredite: agora mesmo Ele está Se movimentando. Primeiro fechando, tirando do alcance da nossa vista o que podia ter sido e não foi: desapontamentos, amargura e erros que cometemos. Em segundo lugar, Ele também diz: “Vejam, estou fazendo uma coisa nova! [...] Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo” (Is 43:19).

Pense agora em alguma coisa importante para o seu futuro: saúde, emprego, entrar na universidade, passar num concurso, encontrar um companheiro para a vida... Para qual dessas coisas gostaria de ver Jesus abrindo uma porta? Por que não Lhe confiar nossos sonhos e planos?
 Fonte:
http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2011/frmd2011.html


Que a graça de Deus esteja com você sua família e os abrace em cada dia do novo ano.

domingo, 30 de dezembro de 2012

Terminar É Melhor -MD-Eclesiastes 7:8

Meditação Diária
Terminar É Melhor

Terminar é melhor do que começar. Eclesiastes 7:8, A Bíblia Viva, nova edição

Pouco mais de um dia e algumas horas e 2012 terá ficado para trás. Muitos dirão: “Como o tempo passou!” E é claro que concordamos com as palavras de Salomão: “Terminar é melhor do que começar.” O fim da maratona é melhor do que seu começo, o fim da guerra é melhor do que seu início e, sem dúvida alguma, o fim da viagem, chegar de volta ao porto ou em casa, é bem melhor do que o começo.

Salomão estava dizendo: entre o medo, o risco e a ansiedade do começo, melhor é a realização de terminar. A colheita traz mais realização do que a semeadura. Um livro lido, uma pintura terminada, a conclusão de seu curso universitário, de seu mestrado ou tese de doutorado – quanta satisfação trazem.

Na sua simplicidade e em poucas palavras, o verso de hoje nos ensina algumas lições:

Não se torture por aquilo que não deu certo. Quem sabe você esteja agora lamentando oportunidades que perdeu aquilo que falou ou deixou de falar, o que fez ou deixou de fazer. “Se eu tivesse ido, ou tivesse ficado”; “Se eu pudesse voltar os ponteiros do relógio.”

Não é hora de pensar no que faltou para que chegasse aquele grau de satisfação que todos almejamos. Quem sabe com os elementos que você tinha à sua disposição no momento, escolheu o que parecia mais apropriado. Depois percebeu que deveria ter agido diferente. Essa percepção o ajudará da próxima vez.

Não tema o futuro. Quem sabe em 2012 você tenha passado por tempestades e está com medo do que 2013 possa lhe trazer. Que mudanças teriam que ocorrer com você para que sua vida valha a pena ser vivida? Melhorar seu casamento? Ser promovido no trabalho? Ver seus filhos tomarem decisões mais acertadas? Dentro dos seus sonhos e das suas expectativas, o que deveria ocorrer: a cura de alguma doença? Entrar na faculdade? Abandonar um vício? Ter perto de si o filho que está esperando há muito tempo? Vingar aquele relacionamento?

Podemos entrar no ano de 2013 com a certeza de estar sendo amparados pela graça de Deus.

A promessa é: “‘Porque sou Eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro’” (Jr 29:11). Tome esse verso como uma promessa de que Deus o guiará em todos os momentos de sua vida no próximo ano./
Adaptado/
Fonte:
http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2011/frmd2011.html

sábado, 29 de dezembro de 2012

Ano-Novo - MD-Efésios 5:15, 16

Meditação Diária
Expectativas Para o Ano-Novo

Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, aproveitando ao máximo cada oportunidade. Efésios 5:15, 16

O ritual tem frequência anual. Tomamos uma folha de papel em branco e começamos a escrever tudo o que queremos realizar no ano seguinte. 

Rabiscamos e riscamos até que o produto final fique bem limpinho, numa folha novinha. Mas em lugar de decisões, aquilo que escrevemos torna-se uma folha de intenções. Pensamos nessas resoluções momentaneamente, desistindo delas sem muito esforço. Decisões, mesmo, requerem determinação, persistência e disciplina, sem lugar para dúvidas.

Entre essas resoluções estão: dar mais tempo para a família, fazer exercícios físicos, perder peso, maior empenho no trabalho, melhorar a vida espiritual, etc.

Qualquer mudança leva tempo. Não acontece por acidente. Você não acorda um dia, olha no espelho, sobe na balança e diz: “Olha só! Perdi dez quilos!” Ou consulta a conta bancária pela internet e descobre que seu salário dobrou. Ou da noite para o dia descobre que você e sua esposa estão em fase de lua-de-mel, que os filhos estão se comportando adoravelmente bem e até deixam o quarto arrumado antes de sair de casa. E depois você ainda diz: “Puxa, que sorte! Aconteceu!”

Já colocamos na mente que 2013 será um ano diferente, mas não temos ideia do que poderá acontecer.

Ao tomar nossas resoluções, tentemos focalizar no “como” e não no “em quê”.

Quem sabe você queira melhorar seu relacionamento com os filhos. Para isso, pode começar passando meia hora em alguma atividade com eles, orando diariamente com eles e procurando oportunidades para elogiá-los.

Quando queremos mudar, qualquer pequeno esforço ajuda e veremos progresso em nossa vida.

“Fui ao professor com trêmulos lábios, minha tarefa incompleta: ‘O senhor tem uma folha nova para mim, professor? Eu manchei esta.’ Ele pegou a folha velha, riscada e borrada e me deu uma novinha sem manchas.

“E olhando nos meus olhos, sussurrou: ‘Meu filho, desta vez faça melhor”.

“Fui ao Mestre com lábios trêmulos, minha tarefa incompleta. ‘Mestre, o Senhor tem um novo ano para mim? Eu manchei este.’ Ele pegou o ano velho, riscado e borrado e me deu um novinho, sem mancha.

“E olhando ao meu coração disse: ‘Meu filho, desta vez faça melhor!’”
Fonte:
http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2011/frmd2011.html

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Motivos de Reflexão- MD-Salmos 37:5

Meditação Diária
Motivos de Reflexão

Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará. Salmos 37:5
Volta, minha alma, para o teu repouso, pois o Senhor te fez bem.116:7

O barulho de toda espécie de fogos de artifícios geralmente rompe a tranquilidade da noite de ano novo. Mas isso também acaba logo, e na madrugada há um completo silêncio.

Contudo, muitos corações continuam cheios de ansiedade. Os problemas e as dificuldades do ano velho não são eliminados pelo ruído das festas. A paz interior que só Deus pode dar é exatamente o que precisamos. Temos de ficar quietos diante dEle para lhe dar a oportunidade de falar conosco.
Que esse novo ano seja uma oportunidade para você fazer algo que nunca fez: abrir a Bíblia e sorver as palavras de vida que fluem dela. Que você perceba o amor absolutamente extraordinário do Senhor Jesus, que prometeu: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei” (Mateus 11:28). “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar” (Isaías 55:6-7).

Para os que já a leem com regularidade, que no ano novo você se apaixone pelas palavras de vida eterna, que o seu momento de leitura bíblica não seja algo automático, mas um período de prazer e alegria diante do Deus Pai, o qual deseja tanto estar em comunhão conosco que nos pediu: “Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes” (Jeremias 33:3).


Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

A Paz Interior- MD-Filipenses 4:6-7

Meditação Diária
A Paz Interior

Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.(Filipenses 4:6-7).

A PAZ INTERIOR

O rei Herodes acabara de dar ordens para matar Tiago simplesmente pelo fato deste ser cristão (Atos 12:1-19). A multidão apreciava esse tipo de espetáculo, e para obter mais popularidade ainda, Herodes decidiu prender o apóstolo Pedro também. Queria fazer da prisão e talvez da morte dele uma festa no dia seguinte.

Enquanto isso, prendeu a Pedro e mandou que dezesseis soldados o vigiassem. Pedro sabia o que o aguardava: tortura e morte. Poderia ficar inquieto e passar sua última noite em angústia. Mas não! Dormiu tranquilamente. Confiava em Deus, que lhe dava paz. Se deveria sofrer o martírio, sabia que o Senhor o sustentaria e lhe daria forças para glorificá-Lo.

Teríamos a mesma paz de espírito se tivéssemos de enfrentar perseguições? A paz divina está ao alcance de todo o que crê, pois tem sua fonte em Deus, o qual sabe perfeitamente o que nos convém e faz com que todas as coisas cooperem para o bem dos que O amam.

Durante esse tempo, os cristãos da cidade oravam incessantemente por ele. E o Senhor enviou Seu anjo para libertar o prisioneiro, abrindo as pesadas portas do cárcere. Entretanto, uma manifestação ainda mais extraordinária do poder de Deus não seria o fato de Pedro poder dormir tranquilamente naquela noite?

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Natal Antes Natal Depois MD-Mateus 2:12

Meditação Diária
Natal Antes... Natal Depois...

E, tendo sido advertidos em sonho [...], retornaram a sua terra por outro caminho. Mateus 2:12

Agora que os presentes foram abertos, foi embora aquele clima poético, de mistério, de carinho, de manjedoura, de pastores, de estrela e cânticos. Incrível como tudo passou tão rápido. Para alguns, foi um Natal sem nada de novo. Para outros, de alegria e realização. Mas passou a agitação. Não há mais surpresas. Presentes foram dados e recebidos. Daqui para a frente serão os votos de feliz ano-novo e feliz 2013!

Muita gente gostaria de ficar mais tempo ao lado da manjedoura ouvindo os cânticos de Natal, sentindo aquele clima de carinho e confraternização. Mas é interessante notar que, importante como tenha sido o acontecimento anunciado pelos anjos e acompanhado de sinais extraordinários, os Evangelhos não se demoram muito em torno do “clima poético” que acompanha o nascimento de Jesus.

Somente Mateus e Lucas, no início, lhe dedicam espaço, enquanto Marcos e João só o mencionam indiretamente.

A narrativa bíblica diz que os anjos voltaram (Lc 2:15), os pastores voltaram (Lc 2:20) e os magos voltaram (Mt 2:12). Os anjos voltaram a ministrar. Os pastores sabiam que tinham de voltar para cuidar das ovelhas, encontrar pastagem para elas e prover-lhes abrigo. E os magos voltaram por um caminho diferente. Levaram consigo uma experiência nova. Tinham sido mudados pela contemplação do Deus menino, a quem adoraram.

Aqui estamos, no dia 26 de dezembro. O mundo, com seus desafios e compromissos, nos chamando de volta. Hoje mesmo alguns terão que trabalhar, que voltar à empresa, ao jardim, à cozinha, ao escritório, porque a luta pela sobrevivência não dá trégua.

O importante é voltar por um caminho diferente. Como pessoas renovadas. Colocar amor onde antes havia rejeição e revanchismo; tolerância no lugar de impaciência; e confiança onde demonstramos dúvida.

O encontro com Jesus tem que representar uma mudança de vida. Você já pensou a respeito do que precisa mudar?/Adaptado/
Fonte:
http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2011/frmd2011.html

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

O Natal


Meditação Diária-
O Natal da Ressurreição

Em todo mundo, no dia 25 de dezembro se comemora o Natal, o nascimento do menino Jesus. Se quisermos verificar a veracidade do nascimento de Jesus neste dia, encontraremos controvérsias.

Jesus é o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, portanto, Ele é o primeiro dia e o último dia. Este dia também é Cristo.

Jesus nasceu duas vezes, na manjedoura e da ressurreição. O Natal da manjedoura trouxe Jesus para a semelhança e fraqueza do homem: "E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade" João 1.14; o Natal da ressurreição nos levou para o seu Reino: "O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados; o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação" Colossenses 1.13-15.

Na manjedoura Ele veio como o Filho do homem: "Porque o Filho do homem veio salvar o que se tinha perdido" Mateus 18.11; na ressurreição como o primogênito de uma nova criação: "E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados, e nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém" Apocalipse 1.5-6.

O Natal da manjedoura nos trouxe o Salvador, o Natal da ressurreição nos tornou seus filhos: "Porque já não podem mais morrer; pois são iguais aos anjos, e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição" Lucas 20.36. Jesus nasceu duas vezes: na encarnação, através da virgem Maria: "E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta. Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus. E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim" Lucas 1.28-33, e após a sua morte, nasceu da ressurreição pelo poder de Deus: "Declarado Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santificação, pela ressurreição dos mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor" Romanos 1.4.

O da manjedoura foi o esvaziamento de Deus tornando-se homem: "Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens" Filipenses 2.6-7, o da ressurreição nos leva a Deus para tornar-nos participantes da Sua natureza Divina e da vida eterna: "Visto como o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou pela sua glória e virtude; pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo" II Pedro 1.3-4.

O Natal da manjedoura só tem valor quando o homem recebe a revelação do Natal da ressurreição. Sem o novo nascimento, o Natal de Jesus não passa de um presépio. Jesus veio, nasceu, morreu, ressurgiu, e assentou-se a destra da majestade nas alturas. Pela sua morte nós sabemos da nossa morte juntamente com Ele, pois Ele nos atraiu a si mesmo para nos fazer morrer com Ele: "E eu, quando for levantado da terra, todos atrairei a mim. Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo todos morreram" João 12.32 e II Coríntios 5.14.

Pela sua ressurreição Deus nos fez nascer de novo para uma viva esperança: "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável, e que não se pode murchar, guardada nos céus para vós" I Pedro 1.3-4.
O Natal da manjedoura mudou a história da humanidade. O Natal da ressurreição pode mudar a sua história na eternidade. Crês isto?
Fonte:
 http://www.vida.emcristo.nom.br/25dezembro.htm

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

É Natal

Meditação Diária
O natal de Jesus
O mundo não pode esquecer-se de Cristo enquanto se lembrar da história, pois, ele é o agente estabilizador da história A.C e D.C., omiti-lo da história seria como omitir da astronomia as estrelas ou da botânica as flores, sua vida impactou a história da humanidade perdida, pois ele nos trouxe a esperança firmada na eternidade. O profeta Isaías previu isto quando escreveu o seguinte: " ... o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que a virgem conceberá e dará a luz a um filho, e chamará o seu nome Emanuel " ( Is. 7:14 ). Em concordância com isto o apóstolo Paulo escreveu aos Gálatas: " Vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu filho, nascido de mulher, nascido sob a lei " ( Gál. 4:4 ). Este sinal profético foi dado a Acáz como garantia da esperança de Judá em meio as adversidades, e assim, ele tem um cumprimento imediato e histórico. O seu uso no novo testamento descrito em Mat. 1:23, mostra que ele também tem um cumprimento messiânico em Jesus Cristo, Emanuel ( o Deus conosco ). No texto descrito aos Gálatas, Paulo mostra que de fato Cristo veio no tempo estabelecido por Deus quando todo o cenário estava preparado para a aparição do personagem principal da história. Portanto, quando lemos a sagrada escritura, compreendemos o porquê o natal de Jesus é uma esperança firmada na eternidade. 

É um convite a crer na veracidade das profecias - Não apenas o texto de Isaías 7:14, mas quando lemos também Isaías 9:6, que diz: " Um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome maravilhoso, conselheiro, Deus forte, pai da eternidade, príncipe da paz. " Em todo o ministério de Jesus cumpriu-se integralmente as profecias a respeito de seu nascimento, cegos viram, coxos andaram, surdos ouviram, mortos ressuscitaram e etc. Os anjos desceram e cantaram " Glória nas alturas e paz na terra, porque o príncipe da paz chegou como sinal da boa vontade de Deus para com os homens " ( Luc. 2:14 ).

É uma mensagem de esperança - No mundo de pessimismo, de tristezas e densas trevas o nascimento de Jesus traz uma verdadeira mensagem de esperança, por isso mesmo, o profeta Isaías escreveu o seguinte: " O povo que andava em trevas, viu uma grande luz, e sobre os que habitavam na região da sombra da morte resplandeceu a luz " ( Is. 9:2 ). Assim bem como o apóstolo Paulo, deixou isto bem claro no inicio da sua primeira carta a Timóteo quando disse: " Cristo esperança nossa " ( I Tim. 1:1 ). A luz do resplendor tecnológico e científico da humanidade ofusca-se com o brilho dessa luz que Cristo afirmou ser " Eu sou a luz do mundo "( Jo. 8:12 ), deve haver em nós a mesma esperança que houve em Simeão que aguardava a consolação no templo, e quando viu alegrou-se dizendo: " Agora, Senhor, despedis em paz o teu servo, pois os meus olhos viram a tua salvação, a qual tu preparaste perante a face de todos os povos, luz para iluminar as nações e para a glória do teu povo. " ( Luc. 2:29 - 32 ).

É motivo de renovação para darmos graças a Deus - O anjo do Senhor orientou os magos para não temerem, antes pelo contrário, disse: " vos trago novas de grande alegria que será para todo o povo " ( Luc. 2:10 ). Portanto, devemos nos encher a cada dia com essas novas de alegria para que então possamos dar graças a Deus pela paz que desfrutamos, pois Jesus Cristo nos trouxe esta paz, devemos dar graça pela salvação gratuita no cordeiro que tira o pecado do mundo, devemos dar graça por seu nascimento que ligou o céu com a terra, graças por aceitar o natal de Jesus como festa do Espírito sem simbolismos exagerados, e então dizer:" O Senhor Deus é a minha força e o meu cântico e se tornou a minha salvação " ( Is. 12:2 ).

Seja o natal de Jesus Cristo poderoso apelo do amor de Deus aos nossos corações, para que nos tornemos mais íntimos de Deus a cada dia. Amém!
Fonte:
http://pastorcicero.blogspot.com.br/2008/12/o-natal-de-jesus.html

domingo, 23 de dezembro de 2012

Apesar de tudo, Feliz Natal!- MD- João 3:16

Meditação Diária
Apesar de tudo, Feliz Natal!

Não importa se o dia certo é 25 de dezembro ou não.

Não importa se o mundo se esquece do verdadeiro motivo da data.

Não importa se o consumismo tenta sufocar a fé.

Eu quero aproveitar cada oportunidade e lembrar que tudo isso que está acontecendo neste período é por que

“Deus amou o mundo de tal maneira que deu Seu filho unigênito para que todo aquele que nEle crê tenha a vida eterna.” (João 3:16)

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

sábado, 22 de dezembro de 2012

O melhor presente de Natal-MD-Tito 3:14

Meditação Diária
O melhor presente de Natal

Agora, quanto aos nossos, que aprendam também a distinguir-se nas boas obras a favor dos necessitados, para não se tornarem infrutíferos. Tito 3:14

Durante a Segunda Guerra Mundial, quatro soldados americanos que haviam estado na frente de batalha por algum tempo, foram enviados a um pequeno vilarejo francês para um breve descanso. Quando eles chegaram à vila, descobriram que era véspera de Natal. Então começaram a discutir como deveriam comemorar essa data. Um dos soldados disse: “Quando estávamos vindo para cá, hoje de manhã, notei um orfanato não muito longe daqui. Por que não vamos até lá pela manhã e levamos alguns presentes de Natal para aquelas crianças?”

Os outros gostaram da ideia  e quanto mais falavam sobre isso mais entusiasmados ficavam. Então compraram vários tipos de brinquedos, bombons, roupas, alimentos, livros e joguinhos, e na manhã seguinte apareceram em frente ao orfanato com maravilhosos presentes para todas as crianças.

O diretor da instituição ficou contente e todas as crianças se deliciaram ao abrir os presentes. Todas, menos uma menininha, que ficou quieta num canto. Ela parecia ter uns cinco ou seis anos de idade e seu rostinho parecia muito triste. Um dos soldados percebeu que ela não estava participando da alegria geral e perguntou ao diretor quem era a garota.

“Oh, coitadinha”, disse ele. “Ela está aqui há apenas uma semana. Seus pais morreram num acidente de carro e não havia ninguém que a amparasse, de modo que a trouxemos para cá.”

O soldado aproximou-se da garotinha e gentilmente lhe perguntou: “Hoje é dia de Natal e temos aqui lindos presentes: brinquedos, roupas, bombons, alimentos, livros e joguinhos. O que você mais gostaria de ganhar?”

A menininha respondeu: “Eu quero que alguém me abrace!”

Talvez este seja o melhor de todos os presentes de Natal: que alguém nos dê um abraço. E, com certeza, o Pai Celestial está de braços abertos para cada um de nós, desejando que aceitemos Seu amor e o partilhemos com outras pessoas.

“As festividades de Natal e Ano Novo podem e devem ser celebradas em favor dos necessitados. Deus é glorificado quando ajudamos os necessitados que têm família grande para sustentar” (O Lar Adventista, p. 482).

Fonte:http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2010/frmd2010.html

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

A Luz do Natal- MD-João 12:32, 36

Meditação Diária-
A Luz do Natal

E Eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a Mim mesmo. [...] Enquanto tendes a luz, crede na luz, para que vos torneis filhos da luz. João 12:32, 36

O que mais me encanta na época do Natal são as luzes. Gosto de andar pelo bairro e apreciar a aparência festiva que os vizinhos acrescentam à casa e ao jardim. Todos os anos, em dezembro, penduro um fio de luzes coloridas ao redor do espelho na sala de jantar. Gosto de olhar nossa árvore de Natal com luzes coloridas piscando sobre o ouropel prateado.

Certa manhã, durante minha hora tranquila, pedi que Jesus trouxesse Sua mensagem ao meu coração. Foi isto que Ele me disse: “Quando Eu for levantado, atrairei todos a Mim.” Eu sou a Luz do mundo. Sou a lâmpada colocada no castiçal em meio a um mundo escuro. Sondo os corações, e na Minha presença as sombras desaparecem. Os segredos são expelidos. Por levar Eu a Luz aos cantos escuros, a verdade será revelada. Muitos andam nas trevas e alguns desejam a luz. Levante-Me!

“Foi por isso que escolhi vir. A Terra estava muito escura, por não compreender a Deus. Para os pastores e os magos, fui a luz. Quando criança e durante Meu ministério público, fui luz para muitas vidas. Mesmo na cruz, rodeado de trevas, fui a luz. Levante-Me!

“Ilumino a todos os nascidos neste mundo. Quando tenho a permissão de brilhar no coração de mulheres, ilumino a comunidade delas com faróis de luz convidativa. Levante-Me no templo do seu coração! Não se esconda sob um cesto de insegurança ou temor. Levante-Me! Não rasteje para baixo de uma cama de desalento ou dúvida. Coloque-Me em seu coração, e Minha luz encherá sua vida. O sorriso no rosto, as palavras que você fala, seu modo de viver brilharão porque sou levantado como a luz da sua vida. Não é você a luz – sou Eu.

Minha palavra é. Desejo que você entenda que, ao levantar-Me, brilharei por seu intermédio. Ficarei mais e mais brilhante, até que Minha luz resplandeça com glorioso fulgor e a Terra seja iluminada com Minha glória. Levante-Me hoje!”

Neste Natal, lembro-me de que Jesus é minha luz. Não preciso jamais viver em trevas. Minha oração é que eu levante Jesus e, como uma pequena vela acesa no escuro, possa fazer a diferença. É Jesus quem ilumina minha vida com Seu amor. É a isto que o Natal diz respeito – Seu amor, Sua luz.

Bárbara Ann Kay

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Fazes Bem em Te Irar? MD-Jonas 4:2-4

Meditação Diária
Fazes Bem em Te Irar?

És Deus compassivo e misericordioso, longânimo e grande em benignidade, e que te arrependes do mal. Peço-te, pois, ó Senhor, tira-me a vida, porque melhor me é morrer do que viver. E disse o Senhor: Fazes bem que assim te ires?(Jonas 4:2-4).

Muitas vezes o Senhor poderia nos fazer a mesma pergunta que fez para o profeta desanimado: “Você tem razão para se irar tanto?” Jonas havia profetizado o iminente juízo a Nínive, cidade repleta de pecado e violência, mas seus habitantes se arrependeram e Deus adiou a execução do castigo. Agiu com graça para com os ninivitas, pois Sua misericórdia é infinita. Então o profeta se sentiu humilhado, e, em vez de se alegrar e louvar, se irou e criticou a bondade de Deus.

Hoje em dia Deus continua sendo o mesmo, cheio de misericórdia e perdão, sempre disposto a demonstrar Sua graça a quem se arrepende dos pecados. O juízo está muito próximo, porque o mundo segue seu caminho de impiedade e imoralidade avassaladoras.

“Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam” (Atos 17:30). Porque “Deus nosso Salvador… quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade” (1 Timóteo 2:3-4). Essa boa notícia é válida para todos, sem distinção de raça ou origem.

Crentes, será que estamos como Jonas, tão seguros de nossa salvação e talvez com sentimento de justiça própria, que ansiamos pela destruição dos maus? Tiago e João tiveram o mesmo sentimento. E o que o Senhor Jesus fez? 

“Voltando-se, porém, repreendeu-os, e disse: Vós não sabeis de que espírito sois” (Lucas 9:55). O Senhor Jesus veio para nos resgatar do “fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos” (Mateus 25:41). Se tivéssemos percepção dessa pavorosa realidade jamais desejaríamos isso para ninguém, porque nem o próprio Deus tem prazer na morte do ímpio, “mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva” (Ezequiel 33:11). Sejamos mensageiros do caminho da salvação! Esse é o desejo do coração de Deus.

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Súditos do Reino de Deus-MD-Mateus 7:21

Meditação Diária
Súditos do Reino de Deus

Aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. João 3:3
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.Mateus 7:21

Não procurem as fronteiras desse reino, porque não possui território. Ele é composto de um Rei oculto no céu e de súditos que ainda estão neste mundo, submetidos à maravilhosa autoridade do Rei Jesus Cristo.

Para fazer parte desse reino, é necessário haver sido arrancado das garras do príncipe deste mundo que escraviza os homens, mantendo-os nas trevas de um universo onde Deus não é levado em conta. Também tem de ter “nascido de novo” (João 3:3-8) e recebido a luz do Evangelho da graça de Deus, a luz sobre o que somos e a luz sobre o que Deus é, ou seja, amor.  De fato, o fundamento desse reino é o amor.

Em primeiro lugar, o amor do Pai, que enviou “seu amado Filho” (Colossenses 1:13) para nos tornar dignos da presença divina, dignos de Seu reino.

Também é o amor do Filho, que por amor a Seu Pai e a nós Se sacrificou na cruz para nos resgatar e libertar de nossos pecados, os quais nos impediam de entrar na presença de Deus, e, por conseguinte, em Seu eterno reino.
Os súditos do Rei O servem por amor. Como não amar ao Rei que deixou Sua glória, “esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz” (Filipenses 2:7-8)?


Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Artesãos da Paz=MD-Efésios 2:17

Meditação Diária
Artesãos da Paz

E, vindo, ele evangelizou a paz. Efésios 2:17
Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.Mateus 5:9

 “Glória a Deus nas alturas, Paz na terra”! Tal era o louvor dos anjos, quando o Senhor Jesus nasceu (Lucas 2:14). Porém o Senhor Jesus, o Príncipe da paz, foi rejeitado. E essa paz, que vem de Deus, não pôde ser estabelecida no mundo. Isso acontecerá quando o Senhor Jesus voltar. Porém essa volta será precedida pelo juízo sobre todos os que rejeitaram a Deus.

Hoje em dia Deus oferece Sua paz a todos. É urgente estar reconciliado com Deus (2 Coríntios 5:20). Cristo fez a paz pagando um preço altíssimo: Sua própria morte na cruz. Agora nos convida a nos aproximarmos dEle, tal como somos, com nossas dificuldades, amarguras e medos, para desfrutar a paz com Deus em nossa consciência e coração.

Dessa forma, podemos ser artesãos da paz ao falar do Senhor Jesus e nos esforçando ao máximo para manter bons relacionamentos com os que nos rodeiam. Isso às vezes é uma tarefa dificílima, porque é necessário nos humilharmos diante dos outros.

Ser um artesão da paz também é ajudar a reconciliação de pessoas que estão aprisionadas pela hostilidade ou amargura. Peçamos ao Senhor Sua ajuda para que saibamos escutar, compreender e amar uns aos outros.

Queridos leitores, vocês, que se dizem cristãos, são de fato reconhecidos como pacificadores (Tiago 3:18)?


Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O Amor Divino-MD=Efésios 1:6-7

Meditação Diária
O Amor Divino

Nos fez agradáveis a si no Amado, em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas(Efésios 1:6-7).

É maravilhoso descobrir que nossos erros e fracassos não mudam o amor de Deus. Ele nos aceita e nos ama porque estamos unidos ao Seu Filho amado.
Leiamos as seguintes palavras do apóstolo Paulo: “Se Deus é por nós, quem será contra nós?… Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus?… Quem é que condena?… Quem nos separará do amor de Cristo?” E conclui: “Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor” (Romanos 8:31-39).

O fato de termos confiança nesse amor pessoal e incondicional de Deus não deve nos conduzir a uma vida despreocupada. Pelo contrário, estarmos conscientes desse amor nos estimula a abrirmos mão de tudo por Ele. Saber que Deus nos ama nos torna humildes e obedientes, porém também dinâmicos e valentes.

Na cruz contemplamos a imensidão do amor de Deus por nós. Além disso, o Senhor Jesus exclamou: “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” (Mateus 27:46). Com reverência e emoção, nós respondemos: “Por nós, por mim!” Deus me amou a tal ponto que não “poupou o seu próprio Filho”, o qual expiou os meus pecados. O Senhor Jesus foi o meu substituto sob a ira de Deus. Tomou meu lugar e agora quando Deus me vê, vê ao Seu próprio Filho. Estou em Cristo e por isso sou amado com o assombroso amor do Pai.

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

domingo, 16 de dezembro de 2012

Livre de Perigo-MD- Salmo 34: 7

Meditação Diária-
Livre de Perigo

O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que O temem e os livra. Salmo 34:7

Carole e eu tínhamos acabado de chegar ao outro lado do cruzamento quando ouvimos o som guinchado de pneus, seguido do som metálico produzido por um tremendo choque de latarias.

“Mas o que houve?!” exclamei, enquanto me virava. Para meu espanto, vi o emaranhado de metal retorcido de uma batida de carros, onde segundos antes minha amiga e eu havíamos passado. O acidente resultou na morte de uma pessoa e em ferimentos de dois passageiros. Se houvesse ocorrido apenas 10 segundos antes, minha amiga e eu poderíamos ser contadas entre as vítimas do desastre.

Quando nos conscientizamos da tragédia, começamos a soluçar, não só pelas infelizes vítimas da colisão, como pela percepção de que estávamos sãs e salvas. Poderíamos estar sendo transportadas de maca, dentro de uma ambulância, para o pronto-socorro mais próximo. Quando chegamos ao nosso destino (que incidentalmente era uma reunião de oração na casa de uma irmã da igreja), louvamos a Deus por Sua benignidade e proteção. Acreditamos que se deveu a mais do que uma simples coincidência o fato de estarmos vivas. Intercedemos com fervorosa oração em favor das vítimas do acidente e suas famílias.

Somos chamadas a orar sem cessar e a fazer intercessão pelos santos, pois não sabemos o dia nem a hora de nossos momentos finais na Terra. Ignoramos aquilo que o futuro nos reserva, pois Deus, e somente Deus, é o Senhor do tempo e do espaço. Devemos, pois, estar sempre preparadas. Façamos, na prática, o que é certo. O diabo está em atividade, incitando homens e mulheres à violência, intemperança e toda sorte de depravação. Mas, se somos crentes e seguidores de Jesus, nossa única segurança está no nome de nosso Deus. Ele é nosso escudo e pavês; tudo o que precisamos fazer é confiar e obedecer. “Torre forte é o nome do Senhor, à qual o justo se acolhe e está seguro” (Provérbios 18:10). Acabávamos de passar por essa experiência!

Ao nos aproximarmos da época do Natal, louvemos a Deus por Sua proteção diária, bem como pela dádiva suprema de Seu Filho, que nos dá esperança para hoje e para cada dia.
Jeannette Belot

sábado, 15 de dezembro de 2012

Confie 100% em Mim-MD-Salmo 40:3

Meditação Diária
Confie 100% em Mim

E me pôs nos lábios um novo cântico, um hino de louvor ao nosso Deus; muitos verão essas coisas, temerão e confiarão no Senhor. Salmo 40:3

Nós, cristãos, às vezes usamos sentenças e frases que são fáceis de dizer, mas difíceis de viver. Sei que preciso perguntar a Deus: Estou mesmo vivendo o que digo e sei o que as palavras realmente significam?

Tenho dito frases como: “Vou orar por você”, “Você é salvo pelo sangue de Jesus”, “Jesus te ama.” Aqui está uma que já ouvi – e até falei: “Confie no Senhor.” “Confiar 100% no Senhor” tem sido difícil de cumprir na prática.

Quando tudo é ensolarado e satisfaz meus interesses, é fácil dizer que confio nEle. Mas, quando a vida não é do jeito que planejei, quando a vida está de ponta cabeça com o cônjuge, filhos, familiares, amigos e igreja, confio mesmo?

Deus prometeu estar 100% à minha disposição. Preciso descansar nEle (outra daquelas frases), mas como posso fazer o que Ele me pede? Às vezes, preciso de figuras e maneiras concretas de ver e cumprir o que Jesus pede que eu faça. Espero que algumas das maneiras que encontrei ajudem você também a tornar autêntica a sua caminhada com Jesus.

1. Encontre um lugar onde possa estar quieta e sozinha, mesmo que seja no banheiro. Apague a luz e ouça. Sei, você pode achar que é esquisito, mas ouça mesmo. O que você ouve? Se estiver no banheiro, pode querer abrir a torneira, já que o som da água é relaxante. O silêncio também é algo maravilhoso.

2. Vá para fora. Gosto de escalar montanhas, sentar-me no topo e ver o extraordinário mundo de Deus. O som do vento e a vista lá de cima aquietarão seu coração, e Ele poderá falar com você.

3. A música cristã tem sido uma bênção para mim. Muitas vezes não havia igreja perto de onde morávamos, de modo que a música era importante para mim. Tenho um pouco de música no sangue, e canto enquanto toco piano. Preste atenção especial à letra dos hinos.

Querido Senhor Jesus, ensina-me, por favor, a confiar em Ti cada dia. Fica comigo e não me deixes. Ajuda-me a crer em Ti e a não ouvir as mentiras de Satanás. Muito obrigada por Tua fidelidade para comigo, 100% todos os dias.

Susen Mattison Molé

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Sabedoria e disciplina-MD-Provérbios 3:11

Meditação Diária
Sabedoria e disciplina

 

Filho meu, não rejeites a disciplina do SENHOR, nem te enfades da sua repreensão (Provérbios 3:11 ARA)

Outra faceta da sabedoria desenvolvida em Provérbios é a repreensão ou correção. O termo pode significar também reprovar ou argumentar.
No discurso inicial, onde o autor personifica a sabedoria fazendo um discurso, ela diz para dar ouvidos e não se entristecer com a repreensão dela. É fácil lembrar-se de nossas mães passando-nos “um sabão” ao fazer algo errado ou perigoso.

É óbvio que ser alvo de uma correção assim não é fácil de aceitar. Isso faz nos sentir diminuídos, principalmente se erramos tentando fazer o certo ou tendo boa vontade. Temos a tendência de pedir que amoleçam a bronca levando em conta nossas boas intenções.

Mas o caráter corretivo da repreensão só é eficaz quando provoca-nos à reflexão. Como isso acontecerá se nada nos incomodar? Como interiorizaremos que aquela maneira não deve mais ser tentada se o resultado dela não dói para ser lembrada?

O escritor aos Hebreus fala desta disciplina (citando este versículo) e nos incentiva a olhar este processo de correção com outros olhos. Ao invés de ficarmos tristes por sermos corrigidos, ficarmos alegres, pois a correção é uma evidência que o Pai amoroso está dando atenção aos atos de seu filho.

Devemos também lembrar-nos que a correção do Senhor pode vir de diversas maneiras e por diversas pessoas. Se tivermos um coração aberto a ouvir, examinar e corrigir nosso caminho, experimentaremos a sabedoria do Senhor crescendo dentro de nós. Mário Fernandez

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Caminhos no Deserto-MD-Isaías 43:19

Meditação Diária
Caminhos no Deserto

 “Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Você não a reconhecem? Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo.” (Isaías 43:19 NVI)

Como nós atualmente dispomos de estradas pavimentadas e bem feitas (pelo menos uma ou outra é, não?) perdemos a profundidade do significado deste texto. Andar no deserto sem conhecer um caminho pode ser sentença de morte, pois podemos andar em círculos sem percebermos e acabarmos morrendo sem chegar a lugar nenhum.

Infelizmente, na nossa limitada compreensão dos desígnios de Deus para nós podemos nos perder nos desertos que Ele nos faz atravessar. Se não conhecermos o caminho mais curto e mais seguro que passa pelo deserto arriscamos colocar a nossa vida em perigo.

Muitos associam o deserto com castigo, devido à peregrinação dos israelitas por 40 anos devido à sua incredulidade. No entanto, devemos perceber que o deserto teve de ser atravessado antes disso de qualquer maneira. O castigo não foi o deserto, o castigo foi ter de esperar aquele tempo todo para tomar posse da promessa.

O deserto era o desafio a ser vencido antes de alcançar o objetivo prometido. Entre hoje e os seus alvos para este ano existe o deserto do tempo, do esforço, da disciplina, do trabalho, da oração incessante e, por que não, do choro e do clamor pelo mover de Deus. O deserto terá de ser atravessado de qualquer maneira. Mas ele pode ser apenas isso, um desafio. Não precisa se tornar um castigo.

A afirmação de Deus é que, se necessário, ele cria caminhos no deserto mesmo onde não tem. Isso é garantia de segurança, rapidez e certeza de alcançar o objetivo do outro lado do desafio.

“Senhor, ensina-me a permanecer confiante na Tua direção e nos Teus caminhos pelos desertos da vida.” Mário Fernandez

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis