Translate

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O IMPORTANTE É… MD-Mateus 14:22

Meditação Diária
O IMPORTANTE É…

E logo ordenou Jesus que os seus discípulos entrassem no barco, e fossem adiante para o outro lado.(Mateus 14:22).

Neste caso, o Senhor teve de ordenar que Seus discípulos O obedecessem, pois Sua ordem lhes parecia incompreensível. Por que o Mestre deveria ficar para trás? Por que deveriam esperar por Ele na outra margem? Essa provavelmente foi a linha de pensamento deles. Talvez tenham feito objeções, mas tiveram de se satisfazer em seguir Seu comando e partir sem Ele.

Essa é a nossa experiência como crentes no Senhor Jesus? Temos de fazer certas coisas e passar por certas circunstâncias que Ele coloca em nosso caminho, sem sabermos a razão. Um verdadeiro discípulo não pergunta: “Por que tenho de fazer isso”, ou “Por que tenho de suportar aquilo?” Um verdadeiro discípulo simplesmente pergunta, como o apóstolo Paulo: “Senhor, que farei?” (Atos 22:10).

Os propósitos e razões das ordens do Senhor quase sempre não correspondem às nossas idéias ou desejos. E é isso que torna Sua ordem tão necessária e imperativa!

O Senhor conhece nosso coração. Seu amor O compele a nos conduzir a situações que não gostamos. E temos de nos contentar em saber que o modo dEle é o melhor modo. Nesse episódio os discípulos tiveram uma experiência que jamais teriam se não houvessem obedecido, mesmo sem entender.

O importante é obedecer; entender nem sempre é preciso.


Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

SOLO FÉRTIL- MD-Jeremias 17:7-8

Meditação Diária
SOLO FÉRTIL

Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja confiança é o Senhor. Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto.(Jeremias 17:7-8).

Para uma árvore vicejar e dar fruto, ela depende da qualidade do solo em que está plantada. Se plantada próximo ao um ribeiro que não seca no verão, suas raízes irão absorver umidade adequada. Isso é mais importante nas zonas quentes do planeta do que nas zonas de clima moderado. Muitos ribeiros caudalosos na estação chuvosa se tornam um leito de terra rachada no calor.

Aqui a ilustração da árvore é usada para descrever uma pessoa cuja vida tem sentido e é frutífera, independente das condições externas. O rio significa a “água viva” sobre a qual o Senhor Jesus falou à mulher samaritana, que se “fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna” (João 4:14). Ele oferece essa água a todos os que estejam desejosos dela: “Quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida” (Apocalipse 22:17).

O mundo tem tantos ribeiros enganosos transbordando com promessas de abundância na “estação chuvosa”. No entanto, todos secam na estiagem, deixando sedentos todos os que rejeitam a salvação que Jesus oferece. O solo no qual estes estão plantados é arenoso e pobre. Não suporta o calor escaldante das provações. Enraizados nas próprias convicções e conceitos, tão passageiros e frágeis, não conseguem dar fruto permanente e não encontram razão para viver.


Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

QUEM ESTÁ CERTO- MD-João 3:36

Meditação Diária
QUEM ESTÁ CERTO: DEUS OU EU?

Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece. (João 3:36).

Se pudéssemos entrar no céu pelas nossas características naturais, Deus jamais teria dito: “Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só” (Romanos 3:10-12).

Se pudéssemos obter salvação por meio de nossas boas obras, Deus jamais teria dito: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8-9).

Se pudéssemos ser salvos obedecendo os dez mandamentos, Deus jamais teria dito: “Nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei” (Romanos 3:20).

Se pudéssemos comprar nossa salvação, Deus jamais teria dito: “Nenhum deles de modo algum pode remir a seu irmão, ou dar a Deus o resgate dele (Pois a redenção da sua alma é caríssima, e cessará para sempre)” (Salmo 49:7-8).

Se pudéssemos melhorar nosso comportamento ou personalidade e, assim, ser salvos, Deus jamais teria dito: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso” (Jeremias 17:9).

Se a salvação dependesse, em algum ponto, de nós mesmos, a resposta à pergunta dos discípulos, ‘Quem poderá, pois, salvar-se?’, jamais seria: “Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis” (Marcos 10:26-27).

“Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não há diferença. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus” (Romanos 3:22-24).


Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.
Meditação Diária

domingo, 28 de outubro de 2012

TALVEZ… MD-Mateus 11:28

Meditação Diária
TALVEZ…

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei(Mateus 11:28).

Essa é uma das afirmações mais conhecidas do Senhor Jesus. Muitas pessoas que não conhecem quase nada da Bíblia sabem esse versículo de cor. Mas quem voluntariamente se inscreveria entre os “cansados e oprimidos”? Todos se esforçam por esconder e resolver os próprios problemas e culpas ao invés de admitir: “Em que estado miserável estou!”

Mas talvez você possa ser alguém com uma vida exemplar e boa reputação, e tente manter isso. Você tem de se mostrar forte e hábil. Mas por dentro sente que algo está se desfazendo. Anda em boas companhias, como Nicodemos, um homem altamente respeitado nos melhores círculos da nação judia. Ele tinha muito medo que sua reputação fosse arranhada, por isso foi se encontrar com o Senhor Jesus à noite (João 3:1-21). Ele deveria ter tido mais coragem, mas o que fez foi melhor que nada, como comprovado por suas ações posteriores. Você também tem de conhecer o Senhor Jesus. Comece lendo a Bíblia pelos quatro evangelhos, depois vá para a epístola aos Romanos, e leia todo o Novo Testamento.

Talvez você pense que não tem mais nada a perder depois de tantas crises em sua vida. Lembre-se que o Filho de Deus morreu na cruz exatamente por pessoas assim. Ele aguarda por você! Confesse a Ele seus pecados e culpas, mesmo que isso cause pavor. E leia a Bíblia. A Bíblia que afirma que “todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” é a mesma que declara que somos “justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus” (Romanos 3:23-24).


Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

sábado, 27 de outubro de 2012

A ALEGRIA DA SALVAÇÃO- MD-Atos 13:52


 Meditação Diária
A ALEGRIA DA SALVAÇÃO

E os discípulos estavam cheios de alegria e do Espírito Santo
(Atos 13:52).

A Palavra de Deus nos dá segurança quanto à nossa salvação em Cristo. Essa alegria é mantida viva pelo Espírito Santo, que habita dentro de cada crente verdadeiro.

A obra de redenção que Cristo realizou e a minha salvação são inseparáveis, intimamente conectadas, e constituem a alegria da salvação e o andar pela fé. Nada pode abalar a obra do Senhor Jesus; portanto, a minha salvação está segura. Contudo, mesmo como cristão posso pecar, e a conseqüência disso é a perda da alegria que enche o coração.

Agora precisamos ser cuidadosos para não confundir a segurança da salvação com a alegria que a acompanha. Se nos tornarmos negligentes, indulgentes e permitirmos que o mundo invada nossa vida, o Espírito Santo é entristecido, nossa comunhão com o Pai e o Filho é interrompida de maneira prática. A alegria da comunhão é restaurada somente quando julgamos a nós mesmos e confessamos nossos pecados.

Os crentes perdem o relacionamento com o Pai celestial quando o pecado entra na vida deles? De jeito algum! Tal relacionamento é baseado no novo nascimento, enquanto a base de nossa comunhão com outros depende do comportamento deles.

Todos os que foram redimidos deveriam saber que não há nada mais firme e mais imutável que o vínculo de relacionamento entre os filhos de Deus e seu Pai celestial!


Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.
Meditação Diária

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

SEM MÁSCARAS- MD-Isaías 59:2

Meditação Diária
SEM MÁSCARAS

Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.Isaías 59:2
Bradai-lhe que… a sua iniquidade está expiada.  Isaias 40:2

A experiência nos mostra que, sem dúvida, existem distinções na abrangência da impiedade. Contudo, todos os pecados têm sua raiz na natureza caída do coração humano. “Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. São estas coisas que contaminam o homem” (Mateus 15:19-20).

Quantos maus pensamentos, intenções malignas, desejos terríveis permanecem latentes nas profundezas da natureza humana! Felizmente muitas dessas coisas jamais se tornam realidade. Mas imagine o que aconteceria se um dia uma super máquina de raios X pudesse ler e divulgar nossos pensamentos secretos!

Porém, Deus conhece tudo completamente. Ele nos vê como de fato somos, não como nos apresentamos. Ele diz que somos pecadores culpados, pois cada pecado é um ato de desobediência contra Sua vontade. Então podemos entender por que nesse estado sempre estamos longe dEle. Nada pode entrar no céu que não seja compatível com a santidade de Deus.

No entanto, mesmo tendo condenado o pecado, Deus deseja salvar o pecador. Apenas Deus pode nos conceder a salvação. Ele fez isso ao nos enviar o Salvador, Jesus Cristo, Seu Filho, o qual Se entregou em sacrifício para expiar os pecados de todos os que crêem nEle. “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8-9).

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

ESCOLHA SEU MESTRE-MD-João 8:34

Meditação Diária
ESCOLHA SEU MESTRE

Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado(João 8:34).

Embora Deus tenha criado o homem à Sua imagem, o ser humano tem escravizado aos seus semelhantes. Quase nenhum de nós sabe o que é de fato ser escravo, pois a escravidão já foi abolida no século XIX. Atualmente, a Declaração dos Direitos Humanos classifica qualquer tipo de escravidão como crime.

Será que podemos imaginar uma humilhação maior que viver sob o domínio de outro ser humano como se fosse um objeto, exposto à brutalidade e aos desejos malignos no coração do “proprietário”? Os escravos eram, em geral, mais baratos que os animais e tratados como se fossem bichos. Mesmo os escravos que tinham bons senhores ansiavam pela liberdade. E como jubilavam quando tinham condições de alcançá-la!

Será que a escravidão é realmente coisa do passado? Nas palavras do Senhor Jesus, todos que cometem pecado são escravos dos piores mestres de escravos que existem: o pecado e Satanás. O diabo nos odeia e faz o máximo para nos destruir.

Há esperança para nós, gente sob o jugo do pecado? O Novo Testamento declara a liberdade para os cativos. Por Sua morte, o Senhor Jesus derrotou o diabo e comprou o mundo para Si mesmo. Agora ninguém tem de continuar servindo ao diabo. Quem o faz, permanece na escravidão por sua própria vontade, sujeito a todas as conseqüências temporais e eternas, e jamais irá desfrutar da liberdade da salvação. Mas quem, obedecendo a Deus, decide por servir a Cristo pela fé é verdadeiramente redimido e experimentará “a liberdade da glória dos filhos de Deus” (Romanos 8:21).

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Empobrecido- MD- Provérbio 13:7

Meditação Diária
EMPOBRECIDO

Há alguns que se fazem de ricos, e não têm coisa nenhuma.(Provérbio 13:7).

Ele era um homem muito respeitado e conhecido nas altas rodas. Era dono dos mais desejados terrenos e prédios nos melhores bairros da cidade. Todos o consideravam um empresário genial. Não lhe era problema conseguir empréstimos de milhões nos bancos. Contudo, o colapso de seu império e a perda de sua fortuna pegou os economistas e banqueiros de surpresa. Seus credores ficaram se perguntando como ele pôde enganá-los daquela maneira. Seus débitos excediam em muito seus bens. Fingia ser rico, mas acabou na bancarrota.

Isso também pode acontecer na esfera religiosa. Muitos se dizem virtuosos cristãos, mas o coração deles está absolutamente longe de Deus. Fingem ser piedosos, mas acabarão no inferno.

O que dizer das boas obras que deveriam caracterizar os cristãos? Deus deveria reconhecê-las, já que ordena que sejam praticadas (Mateus 5:16)? Sem dúvida, Deus toma nota de todo o bem que fazemos e consideradá-lo-á no julgamento. Mas as boas obras no que se refere à salvação são como os créditos concedidos ao empresário: carecem de segurança! Quem deseja servir a Deus tem de primeiro quitar os débitos para com Ele. Nossas boas obras jamais podem ser dadas como pagamento desta dívida. Nada que façamos humanamente poderá compensar nossos pecados. A Bíblia afirma: “Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida” (1 João 5:12). Isso torna a situação bem clara! Os que não crêem nEle estão em bancarrota espiritual.

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Dúvida sem fundamento- MD-Salmo 103:12

Meditação Diária
DÚVIDA SEM FUNDAMENTO

Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões(Salmo 103:12).

Muitos cristãos professos dizem: “Não há como ter certeza de que nossos pecados foram de fato perdoados por Deus. Só vamos saber disso na eternidade”. Quem pensa assim não tem um entendimento claro da Palavra, pois Deus afirmou exatamente o contrário. Davi já sabia que suas transgressões tinham sido afastadas para muito longe dele, ou seja, ele foi perdoado completamente.

Qual o interesse que Deus poderia ter em deixar aqueles, a quem demonstrou tanta graça enviando Seu Filho, no escuro até o último momento? O Novo Testamento nos esclarece sobre essa questão por meio de muitas passagens. “Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna” (1 João 5:13). Um dos objetivos dessa epístola era assegurar os crentes que eles tinham a vida eterna e, portanto, o perdão dos pecados.

Declarações semelhantes estão em outras passagens da Palavra de Deus. Porém, os próprios filhos de Deus ainda não têm convicção sobre isso e “esperam” ir para o céu, ao invés de proclamar com ousadia, como Jó: “Eu sei que o meu Redentor vive” (19:25).

Devemos lembrar tais pessoas da eficácia e perfeição da obra de redenção que Jesus Cristo realizou. A base do perdão de nossos pecados é unicamente o sacrifício do Senhor na cruz. E por que duvidar disso se o próprio Deus aceitou e aprovou tal sacrifício?


Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Um caso perdido- MD-Isaías 1:5-6

Meditação Diária
UM CASO PERDIDO?

Toda a cabeça está enferma e todo o coração fraco. Desde a planta do pé até a cabeça não há nele coisa sã. Isaías 1:5-6
Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade.; 1 Timóteo 2:3-4.

O profeta Isaías começa seu livro com um diagnóstico do estado moral do ser humano. Essa é a conclusão: o homem está doente da cabeça à planta dos pés.

Os pés infectados apontam para o estilo de vida humano: um total fracasso em atingir os padrões divinos. A cabeça é o centro dos pensamentos e do entendimento, completamente tomados pelo mal. O coração fraco completa a figura da miséria. O ser humano não tem nem mesmo a motivação correta: faz apenas o que lhe interessa, é egoísta e hostil a Deus. O laudo final é desalentador: “Deixai-vos do homem cujo fôlego está nas suas narinas; pois em que se deve ele estimar?” (2:22).

A doença incurável que acometeu a humanidade desde a concepção é o pecado, o qual trabalha incessante e insidiosamente para matar os hospedeiros. Não há ninguém que venha em nossa ajuda? Há sim. Somente Deus pode fazer isso, e Ele deseja tal coisa! Em Sua Palavra, a Bíblia, Ele nos mostra quatro passos para a cura:

1 – Reconhecer que se está doente, isto é, admitir a própria pecaminosidade;
2 – Consultar o Médico certo: falar sobre os sintomas – os pecados cometidos;
3 – Aceitar o diagnóstico de Deus: nesta condição, se está perdido por toda a eternidade;
4 – Obedecer a prescrição divina: crer em Seu Filho, Jesus Cristo, e em Sua obra de redenção.

A obra expiatória de Cristo na cruz é o único remédio necessário e infalível para a cura completa da doença do pecado.

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

domingo, 21 de outubro de 2012

Portas abertas-MD-João 14:13

Meditação Diária

 PORTAS ABERTAS

  
E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho(João 14:13).

Maravilhoso Jesus! Ele destravou as portas da oração para Seu povo. Foi a Sua morte expiatória na cruz que as abriu; é a Sua obra intercessória no céu que as mantém abertas. Como a promessa é ilimitada: tudo quanto nós pedirmos! Ele parece dizer: “Escreva uma requisição com o que você deseja e Eu assinarei”. Temos que fazer isso em Seu nome porque, assim como nas relações terrenas, alguns nomes têm mais influência em conseguir favores que outros. Nosso Pai Se deleita em nos dar “tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos” (Efésios 3:20). Contudo, é igualmente necessário não nos esquecermos das condições necessárias enumeradas nos versículos anteriores em João 14, cuja leitura recomendamos a todos.

Você conhece a bênção de confiar cada necessidade e preocupação, cada dor e dificuldade às mãos do Senhor? Com uma compaixão extraordinária, Ele pode penetrar nas profundezas de nossa carência, não importa quão grande ela seja.

Pense na fragrância da nuvem de orações subindo do seu incensório, com plena aceitação diante do trono do Pai. A resposta pode não ser imediata, talvez as súplicas fiquem pairando ao redor do trono de misericórdia por algum tempo. Nosso Deus gracioso às vezes decide testar a fé e paciência de Seu povo. Ele se compraz em ouvir a música de pedidos insistentes, intrépidos, apesar das aparentes dificuldades.

Mas Ele responderá, nem sempre de forma afirmativa, mas a resposta é certa; a contida fonte do amor e da misericórdia transbordará.

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

Pau , pedra, matéria MD-Jeremias 2:26-27

Meditação Diária
PAU, PEDRA, MATÉRIA

Como fica confundido o ladrão quando o apanham, assim se confundem os da casa de Israel; eles, os seus reis, os seus príncipes, e os seus sacerdotes, e os seus profetas, que dizem ao pau: Tu és meu pai; e à pedra: Tu me geraste; porque me viraram as costas, e não o rosto; mas no tempo da sua angústia dirão: Levanta-te, e livra-nos.(Jeremias 2:26-27).

Historicamente, esse versículo se refere aos profetas que abandonaram o Deus de Israel e se voltaram para a adoração dos ídolos de pau e pedra. Mas também tem uma aplicação atual: descreve nossa atitude materialista com exatidão. E tudo isso começa com o fato de estarmos longe de Deus, tentando explicar filosoficamente a vida e o mundo sem o Criador.

O conceito de ‘profeta’ não está deslocado aqui, pois as declarações básicas dos materialistas são afirmações de uma crença não-cristã. Não está cientificamente provado que a matéria é eterna. No entanto, muitas teorias vigentes também não podem ser comprovadas: são simplesmente tentativas de explicar fatos científicos.

Os materialistas também atribuem nossa origem à matéria, mais resolutamente que os profetas da antiguidade que a atribuíam à pedra e pau. Se o Deus da Bíblia pode ser explicado sem a Sua função de Criador, então pode ser explicado sem a Sua função de Juiz também. Se eu não sou mais que uma matéria altamente desenvolvida, para quê ou para quem preciso prestar contas aqui ou depois da morte? Essa é a razão fundamental para a popularidade das teorias materialistas e evolucionárias; se bem que a aceitação delas demanda muito mais fé quanto a Bíblia.

Temos de decidir por nós mesmos qual será a verdadeira base de nossas últimas horas: a mensagem bíblica da graça ou os argumentos humanos? Jesus Cristo disse: “Aquele que crê em mim tem a vida eterna” (João 6:47)

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

sábado, 20 de outubro de 2012

Diferentes visões MD-Lucas 9:35-36

Meditação Diária
DIFERENTES VISÕES

E saiu da nuvem uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho; a ele ouvi. E, tendo soado aquela voz, Jesus foi achado só(Lucas 9:35-36).

Precisamos contemplar o Senhor em todo tempo. A comunhão com outros cristãos é maravilhosa e útil, e temos de buscá-la, mas ela sempre será imperfeita por causa de nossas falhas. Se permitirmos ao diabo que ele seja bem-sucedido em nos manter ocupados com as faltas, tanto nossas como as dos outros, o resultado será desânimo e isolamento. O Espírito de Deus deseja nos revelar Cristo como Ele é; e se nos ocuparmos com Ele, Seu amor e graça transbordarão em nós, alcançando outros.

Que contraste entre a obra do Espírito e a do inimigo! Este último dirige nossa atenção para os defeitos dos outros, ao passo que o Espírito nos encoraja a olhar para o Senhor Jesus continuamente; dessa maneira, nossa visão das pessoas muda de forma radical.

Além disso, o amor de Cristo pelos Seus não depende do que são ou de como se comportam, mas do que está em Seu próprio coração. Assim, o amor dos filhos de Deus, suscitado pelo Espírito em nós, é baseado no que Cristo sente.

Deus Pai não nos ama pelo que vê em nós, mas pelo que deseja nos tornar: um maravilhoso reflexo de Cristo, transformados à Sua imagem.

Em que se baseia a sua visão de si mesmo e dos outros? Nos princípios do diabo ou de Cristo? Para o que você tem olhado: para os defeitos das pessoas ou para aquilo que Cristo pode fazer nelas?

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Coragem Cristã MD-Salmo 31:14-15

Meditação Diária
CORAGEM CRISTÃ

Mas eu confiei em ti, Senhor; e disse: Tu és o meu Deus. Os meus tempos estão nas tuas mãos; livra-me das mãos dos meus inimigos e dos que me perseguem(Salmo 31:14-15).

A coragem de um crente não pode ser comparada com a coragem das pessoas que correm riscos e tentam provar sua autoconfiança. A coragem cristã tem sua fonte em Deus, e serve para enfrentar as dificuldades diárias, vencer o pecado e agradar a Deus. Ela não tem nada que ver com vanglória e bravura.

Certa vez, um missionário foi chamado a acompanhar homens de uma tribo de caçadores de cabeça, cujo chefe estava à morte e havia solicitado a presença do cristão. O missionário temeu que isso fosse um truque sujo do chefe para lhe tirar a cabeça. Após ter orado, sentiu que era a vontade do Senhor que ele acompanhasse aqueles homens. Pensou no versículo acima: “Meus tempos estão nas tuas mãos”, e isso o encorajou. O resultado de sua obediência e coragem? O chefe e vários líderes da tribo foram salvos pela fé em Jesus Cristo.

A coragem nas provações cotidianas também vem da fé no Senhor. Leia o Salmo 31:9-13 e veja as dificuldades que cercavam Davi. Ele encontrou a força e a coragem que precisava ao colocar tudo nas mãos de Deus. Sua experiência com a bondade do Senhor, cuja fidelidade guarda os que creem, o fez exortar outros: “Esforçai-vos, e ele fortalecerá o vosso coração, vós todos que esperais no Senhor” (v. 24).

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Testemunho- MD-.Isaías 45:22

Meditação Diária
UM INTERESSANTE TESTEMUNHO

Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro.Isaías 45:22

Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?Romanos 8:32.

Há doze anos eu era um ateu. Rejeitava a idéia de que Deus existisse. Trabalhava duro para atingir os objetivos que estabelecera para mim mesmo. Desejava um bom emprego e uma boa casa. Aos trinta anos, eu já os tinha. Mas me sentia insatisfeito. Achava a vida entediante.

Nesse período conheci uns amigos diferentes. Irradiavam paz e alegria. No íntimo, me sentia incomodado com eles. E quando me disseram que isso provinha de Deus, fiquei ainda mais irritado. Considerava tolos e fracos todos os que acreditavam que Deus influenciava ou intervinha em nossa vida. Mas a diferença entre a vida deles e a minha era tão gritante que minha convicção começou a ser abalada. Além disso, notei uma mudança drástica em minha esposa: sua agitação e amargura foram dando lugar à mesma paz e confiança que vi em meus amigos. Ela tomou coragem e me contou que havia recebido Jesus Cristo como seu Salvador. De repente, meus conceitos pareceram vazios e falsos. Eu, também, rendi minha vida ao Senhor Jesus Cristo.

Agora sei que existe um Deus. Ele revelou a Si mesmo na Bíblia, na qual nunca acreditei antes. Ele também Se revelou por intermédio da vida de meus amigos e da transformação de minha esposa. Isso foi a chave que abriu meu coração ao evangelho!

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Algo a se aprender- MD-Mateus 11:29

Meditação Diária
ALGO A SE APRENDER

Aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração. (Mateus 11:29).

A partir do exemplo de Jesus Cristo devemos aprender a ser mansos e humildes de coração. Sua humildade encontra uma expressão comovente na cruz quando Ele clamou: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” (Lucas 23:34). E também quando os líderes religiosos o acusavam com tamanha veemência, Ele permaneceu em silêncio.

Moisés também foi manso. Ele não tinha pensamentos de vingança quando foi repreendido por Arão e Miriã. O Senhor os censurou; e Miriã se tornou leprosa. Como Moisés reagiu à triste condição de sua irmã? Ele não disse: “Isso serve pra ela aprender; bem feito, recebeu o que merecia”. Não! Ele suplicou: “Ó Deus, rogo-te que a cures” (Números 12:13). Isso era a verdadeira mansidão.

Vemos a humildade do Senhor ao Se ajoelhar para lavar os pés dos discípulos. Essa era normalmente uma atividade de escravo. E depois o Senhor os instruiu a fazer o mesmo.

Lembremos também da descrição da humildade de Cristo em Filipenses 2:5-8. Ele era e é o Criador e o eterno Filho de Deus, mas ainda assim Se esvaziou ao Se tornar Homem. Por fim, Ele Se humilhou ao Se tornar “obediente até à morte, e morte de cruz” (v. 8). Tal humildade pode ser vista em nós? “Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo” (v. 3).

Como é fácil deixar que o orgulho e o egoísmo causem desunião e separação entre as pessoas. E, infelizmente, isso é bastante comum entre o povo de Deus. Mas a chamada para os redimidos do Senhor é: “Aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração”!

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

SENDO ÚTIL- MD-Tito 3:8

Meditação Diária
SENDO ÚTIL

Fiel é a palavra, e isto quero que deveras afirmes, para que os que crêem em Deus procurem aplicar-se às boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens.(Tito 3:8).

A Palavra de Deus menciona vários tipos de “obras”. Certa vez perguntaram ao Senhor Jesus: “Que faremos para executarmos as obras de Deus?” A resposta foi: “A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou” (João 6:28-29). Quando se trata de salvação da alma, nossos próprios esforços para agradar a Deus são totalmente inúteis. Nessa questão somente a obra de Deus é suficiente, e esta obra é a fé no Senhor Jesus, o Único capaz de nos salvar.

Em Tiago 2:18 somos ordenados a dar provas dessa fé diante dos homens por meio de nossas obras. Nas explicações que se seguem a Palavra de Deus nos mostra dois exemplos de como isso é possível. De um lado, devemos estar preparados para dar tudo a Deus, como Abraão fez; de outro, devemos fazer o que pudermos pelo povo de Deus, como Raabe fez. Tais obras demonstram na prática que amamos a Deus e nossos irmãos, e são provas da vida eterna que há dentro de nós (1 João 3:14).

No versículo de hoje, as boas obras consistem em um coração compassivo e em mãos abertas para suprir as necessidades e carências de nossos semelhantes. Isso não significa que simplesmente devemos dar tudo o que nos for pedido sem um exame criterioso da situação. Em geral, quando se fala sobre ajuda aos necessitados, pensamos logo em dinheiro, porém, existem inúmeras formas de ser útil.

Todos os que creem em Cristo deveriam ser conhecidos como pessoas que não são indiferentes às dificuldades dos outros e que sempre buscam uma maneira de ajudar. Peça ao Senhor uma estratégia e deixe o amor dEle fluir através de você!

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Opções MD-Filipenses 2:5

Meditação Diária
Opções

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus. Filipenses 2:5

Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.(Hebreus 12:3).

Que bênção é contemplarmos o Senhor Jesus como Homem neste mundo. Quando lembramos que Ele, o Filho de Deus, Governador do universo, viveu como um ser humano em completa dependência de Deus, isso nos constrange à adoração.

Ele “esvaziou-se a si mesmo” e “humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte” (Filipenses 2:5-8). Aqui está o cumprimento do que era tipificado pela “oferta de aroma suave” que subia a Deus na oferta de alimentos (Levítico 2).

“Haja em vós o mesmo sentimento.” Esse é um apelo ao nosso coração para permitirmos que Seu caráter se reflita em nossa vida. Suas virtudes são completamente opostas à natureza humana, e revelam a hostilidade do mundo. E quando escolhemos deixar que nossos sentimentos correspondam aos do Senhor Jesus, Deus é glorificado.

Nossa vida de fé parece tão longa e sempre corremos o perigo de desanimar. A resistência consome nossa força espiritual. Mas até nessas situações o Senhor Jesus é um exemplo de coragem. Ele completou Sua carreira, enfrentando tudo do começo ao fim, por causa da alegria futura que Lhe estava proposta.

Entregar-se ao desânimo é uma opção. Meditar na vida do Senhor Jesus e ser encorajado também é uma opção.

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

domingo, 14 de outubro de 2012

Uma oração ouvida- MD-2 Coríntios 6:2

Meditação Diária
Uma oração ouvida – Infelizmente!

Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação(2 Coríntios 6:2).

Muitas pessoas sabem que não podem se apresentar a Deus na situação que se encontram atualmente. Lembrá-las desse fato as incomoda bastante. Não querem ser apressadas, pois pensam que têm todo o tempo do mundo para lidar com os seus pecados.

Um jovem fazendeiro tinha essa mesma opinião. Ele costumava pensar durante as longas horas em que arava a terra. Conhecia o caminho da salvação e estava bem consciente da necessidade de confessar seus pecados a Deus e crer no Senhor Jesus.

Sabia que uma nova vida começaria, pois quem crê nEle vive para Ele. Contudo, não estava ainda preparado para pagar o preço de seguir ao Senhor.

Certo dia, de novo se sentia desconfortável quanto à questão de sua salvação eterna. Quando não pôde mais agüentar o incômodo, se ajoelhou e orou: “Senhor, quero ser salvo, mas não agora”. Depois disso, se sentiu tranquilo e sua consciência ficou em paz. Sua luta interior havia desaparecido.
Pouco antes de morrer, o fazendeiro disse suas últimas palavras: “É muito tarde agora. Aquela oração foi ouvida. Eu rejeitei Deus”.

Aquele homem tinha medo das consequências de sua conversão e dos efeitos que ela teria no seu estilo de vida. Mas se esqueceu das consequências ainda mais terríveis e eternas de sua decisão de ignorar Deus.

O tempo correto de se aproximar de Deus é agora, não amanhã!
“Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará” (Provérbios 27:1).

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

sábado, 13 de outubro de 2012

Quem é o seu pai? - MD-1 João 3:10

Meditação Diária
Quem é o seu pai?

Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus(1 João 3:10).

Aqui a Bíblia divide a humanidade em dois grupos: os filhos de Deus e os filhos do diabo. Somente os que “nasceram de Deus” (João 1:13) pela fé no Senhor Jesus pertencem à família de Deus. E tal distinção, ainda que pareça dura para nós, é feita pela Bíblia, ou seja, pela Palavra de Deus.

Muitos se chocam por causa dessa afirmação e censuram os que creem argumentando que tal separação é uma injustiça. Até citam as palavras do Senhor em Mateus 7:1: “Não julgueis, para que não sejais julgados”. Porém, no contexto de Mateus, o Senhor está falando sobre não julgar os motivos do próximo, e da nossa prontidão para criticar os outros e suspeitar de tudo.

O versículo de hoje trata dos que pertencem ou não à família de Deus. Como um filho de Deus poderia amar seus irmãos e irmãs se não fosse capaz de saber quem são ou se não houvesse uma clara diferença entre eles e o restante? Há características patentes que marcam os filhos de Deus: a justiça e o amor fraternal.

O novo nascimento, pelo qual uma pessoa se torna filho de Deus e acompanhado de uma conversão genuína e de uma fé sem fingimento, é um processo espiritual que escapa à nossa compreensão. O Senhor disse: “O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito” (João 3:8). O desejo de Deus é que “todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade” (1 Timóteo 2:4), em outras palavras, que todos se tornem Seus filhos, e para isso Ele enviou o Senhor Jesus. Mas essa é uma decisão que cabe a cada um de nós!

Tendo em vista a mensagem de hoje, quem é o seu pai, querido leitor?

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Proteção e defesa- MD-1 Tessalonicenses 5:8

Meditação Diária
PROTEÇÃO E DEFESA

Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação(1 Tessalonicenses 5:8).

Sobriedade é o oposto do fanatismo. Na vida cristã precisamos nos proteger da exposição a todas as doutrinas e influências, as quais apelam à natureza e sentimentos humanos com o objetivo de nos desviar da direção do Espírito Santo.

A couraça descrita acima providencia a proteção necessária contra tais influências. Ela consiste na couraça da fé e do amor e no capacete da salvação. Esses itens da armadura são para defesa, não para o ataque. As três grandes virtudes cristãs – fé, esperança e amor – são enfatizados repetidamente no Novo Testamento. São características diferentes da vida espiritual, e servem para nos resguardar da escuridão moral do pecado.

A couraça protege o coração, e consiste em uma firme confiança na maneira bondosa com que Deus lida conosco. A fé enxerga o invisível, as bênçãos celestiais que Deus já nos concedeu. O amor para com Deus e para com o próximo também é uma poderosa proteção, um laço que nos circunda e nos mantém estáveis. Quem usa essa couraça permanece firme e sóbrio na fé em Deus.

O capacete protege a cabeça. Pensar é uma das atividades humanas mais constantes durante o dia, e até à noite quando sonhamos. Qual o rumo de nossos pensamentos? Para cima ou para baixo? Nossos pensamentos precisam ser direcionados para o alto, para a meta à nossa frente, ou seja, nossa salvação em Cristo Jesus. Para abandonarmos qualquer pecado, que sempre começa na mente, é imprescindível prestarmos atenção aos nossos pensamentos e selecioná-los como se fossem alimentos bons ou não.

Os fanáticos não conseguem entender o chamado de Deus, pois estão desprotegidos, abertos a todo “vento de doutrina”. Os sóbrios completam a carreira. Escolha que tipo de cristão você será.

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Jesus, o “Eu Sou”- MD-João 8:24

Meditação Diária
Jesus, o “Eu Sou”

Se não crerdes que eu sou, morrereis em vossos pecados (João 8:24).

Foram notáveis essas palavras que o Senhor Jesus falou aos fariseus e judeus. Eles haviam trazido diante do Senhor uma mulher pega no ato do adultério. Mas o Senhor Jesus, verdadeira luz do mundo, disse poucas palavras e expôs a motivação oculta do coração daqueles homens: “Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela” (v. 7). Isso provou que as razões dos acusadores eram enganosas. Não estavam nem um pouco preocupados com a glória devida a Deus; queriam apenas envolver o Senhor Jesus em uma armadilha.

Que dificuldade para o Senhor Jesus lhes mostrar que precisavam crer nEle, o Filho de Deus. Crer requer muito mais do que dizer simplesmente “Eu creio em Jesus”. A fé vai além disso. O Senhor Jesus disse: “Se não crerdes que eu sou, morrereis em vossos pecados”. “EU SOU” é um dos muitos nomes pelos quais Deus Se revelou à humanidade (Êxodo 3:14). Esse EU SOU não é ninguém menos que o próprio Jesus Cristo, o Eterno, o qual escolheu Israel como Seu povo no Antigo Testamento.

Os fariseus e judeus não entenderam, mas depois perceberam que o Senhor estava afirmando literalmente que era Deus. E repetidamente se escandalizaram com isso, até o ponto de O levarem à cruz.

A convicção que temos sobre tal afirmativa do Senhor Jesus é uma questão decisiva. Quem o Senhor Jesus é para você? É apenas um Homem, o fundador de uma religião, um idealista, ou é “o verdadeiro Deus e a vida eterna” (1 João 5:20)? Você já O conhece como Aquele que veio ao mundo para salvar o perdido, o único Senhor e Salvador?

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Evite Incêndios!- MD-Tiago 3:5-6

Meditação Diária
Evite Incêndios!

Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia. A língua também é um fogo; como mundo de iniquidade (Tiago 3:5-6).

Na época da estiagem na qual ocorrem incêndios florestais. Bombeiros e guardas florestais estão sempre alerta a qualquer sinal de fumaça. Incêndios catastróficos envolvendo a destruição de grandes áreas, a morte de muitos animais, e até de pessoas, geralmente começam com algo simples como a ponta de um cigarro.

Isso não é uma coisa nova. Tiago usa isso como exemplo de um tipo diferente de “fogo”: nossa língua. E sobre esse assunto, ele tem muito a dizer, e que merece ser ouvido. O homem já domou grandes e fortes animais, porém jamais controlou a própria língua. Nem mesmo o mais inteligente dos homens é capaz de evitar pecar com a língua. As palavras ferem tanto quanto o fio de uma faca. Há pessoas que nunca feriram ninguém fisicamente, mas que devastaram outros com suas palavras. E isso mostra o que está dentro do coração humano. Tiago também faz outra comparação: ele diz que da mesma fonte não pode jorrar água doce e amarga. Portanto, só evitaremos que nossos pensamentos se tornem ações, purificando a fonte do qual eles procedem, ou seja, nosso coração.

Insultos e fofocas são pecados que temos de colocar em ordem com o ofendido. E, além disso, sabendo que o santo Deus vê tudo, isso deveria nos levar a confessarmos completa e incondicionalmente tais coisas a Ele.

Como você tem usado a sua língua? Não se esqueça que um incêndio pode se tornar incontrolável e matar a pessoa que o causou. Muitos têm sido destruídos pelo mau uso das palavras. “A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto” (Provérbios 18:21).

Experimente Jesus através da leitura e meditação diária da Palavra de Deus, desfrute de suas promessas e tenha uma vida  renovada e vitoriosa.

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis